sábado, janeiro 14, 2017

" O PACTO DO SILÊNCIO "

Seria necessário o SILÊNCIO ? Seria a hora, de se  fechar como uma  OSTRA ?. - Nós aqui, não jogamos as nossas PÉROLAS  aos porcos.   -    E naquele REINADO DO FAZ DE CONTAS, onde nada funciona, os SÚDITOS jogaram suas últimas ESPERANÇAS, na figura do NOVO REI que nasceu. Durante décadas, o PÓRTICO do REINADO esteve fechado, Não havia esperanças, não havia trabalho, não havia saúde, não havia segurança e não havia PROGRESSO.. As mais variadas PESTES, levaram a óbitos, centenas de SÚDITOS, que viviam na extrema MISÉRIA, desassistidos pelo DESCASO.   E o tempo foi passando, e o POVO perdendo as ESPERANÇAS, E num grito de protesto, que ecoou, nos mais distantes cantos do REINADO, o POVO REAGIU e foi a luta. - A RAINHA MALVADA, pressionada por todos os lados, encontrou a única saída, se suicidando.  Foram dias de festas. Muita comida e muita  bebida para os SÚDITOS. -  REI MORTO, REI POSTO,  Será que uma nova ESPERANÇA  renascerá ? - Mas.... repentinamente o novo REI decretou em todo REINADO,  o PACTO DO SILÊNCIO, O DECRETO DA INDIFERENÇA. Era proibido falar, gritar, cobrar, reivindicar... Mas tiveram alguns, que resolveram desafiar o REI. E o sussurros das vozes, começaram a incomodar. No entanto,  as VOZES ROUCAS DAS RUAS, não incomodavam sua MAJESTADE. Ele era altivo, orgulhoso e de cara para cima, e já não cumprimentava os súditos, O todo poderoso do REINADO DO FAZ DE CONTAS, jamais seria um monarca como DÂMOCLES.  Ele jamais se vesteria de POVÃO, e se misturaria com os MISERÁVEIS, para OUVIR OS SEUS RECLAMOS..
Indiferente, tranquilo, OMISSO, não ouvia o BARULHO do seu reinado. Era muito estranho. Os súditos perderam a  confiança depositada no novo REI. e muitos passaram a ter MEDO dele. Muitos passaram a andar pelas ruas e vielas do reinado, vestidos de roupas pretas, e uma MORDAÇA tapava as bocas dos mesmos. Era UM protesto silencioso, como silencioso era o REI. - E a nossa CRÔNICA  CHEGA FINALMENTE AO SÉCULO  XXI. Refletida na REALIDADE, hoje vivemos a ERA DO SILÊNCIO. Cruzamos com REIZINHOS, que não mais, olham para o POVO. Os decretos de CRISES são baixados. Para o REI tudo e para o POVO nada.  -   O POVO  já não merece o sorriso COLGATE. Mas o POVO também não  merece, o ópio da indiferença, nem o olhar de PEIXE MORTO, pautado da mínima falta de consideração, e de AMOR AO PRÓXIMO.. Mas hoje sabemos, que a SÍNDROME DO REI, que decretou o PACTO DO SILÊNCIO, no REINO DO FAZ DE CONTAS, atravessou o tempo.,, Na verdade, O REI era absolutamente SURDO. E ontem como hoje, os PODEROSOS não ouvem, as frases e os pensamentos,  vindos das CUCAS MARAVILHOSAS. Eles jamais ouvirão, o estrugir da última TROMBETA, tocada pelo ANJO DE DEUS. Eles são surdos da ALMA. "Eles se perderam no LABIRINTO dos pensamentos POLUÍDOS.  ELES não ouviram, porque não quiseram ouvir. Eles estão surdos."  -   Escrito por APRIGIO   -  Natal  15 de janeiro de 2017  -  até o próximo.

sábado, janeiro 07, 2017

"RÁ - RE- RI- RO. RUA"

Os oportunistas de PLANTÃO, já começaram as estratégias para não soltarem as TETAS DE MÃE VEIA.  Tem gente se apadrinhando com vereadores, São outros rezando para SANTO EXPEDITO. Mas o MILAGREIRO hoje, cham-se SÃO JUNIOR GUIMARÃES. Na verdade, ele não fará, como ja disse, o CAÇA ÀS BRUXAS...   Mas ele tem que continuar ladeado pelo POVO, que o colocou, no mais alto PODIUM, da HISTÓRIA política de SANTANA DO MATOS.. .Ora, tem GENTE, até querendo criar atritos, com as REDES SOCIAIS DO APRIGIO, para simplesmente chamar a atenção do novo gestor. Pode ? - Cuidado com as PERIGOSAS. Elas querem arranjar uma BOQUINHA. São de um CINISMO tão grande, que passaram toda CAMPANA ELEITORAL, vestidos de verde, correndo atrás da ex gestora. Fazendo BULLYNG com a pessoa do atual prefeito. E vejam, as URNAS da eleição de 2016, sequer tinham começado a serem apurados, E já VIMOS UM BANDO de  SAFADOS, vestindo AZUL aos pés do PALANQUE, onde JUNIOR GUIMARÃES agradecia ao seu POVO, pela grande VITÓRIA. Agora, que ninguém se engane ou tente enganar. GRAÇAS A DEUS, que o primeiro salafrário já foi descoberto e foi para RÁ , RE, RI, RO  RUA. E não adianta espernear. E não tentem confundir.  AS CAMISAS AZUIS, hoje são OLHOS AZUIS bem abertos e atentos. A gente quer ver, até CACHORRO pondo o LIXO NO LIXO. Diante de um gigante DESCASO de 4 anos, AS mudanças TÊM QUE SEREM GIGANTES também, E radicais sim. Não se pode deixar PEDRA SOBRE PEDRA. Não se pode tolerar e acobertar, quem contribuiu para o DESGOVERNO. É hora de MUDANÇAS. O velho tabuleiro de XADREZ tem que ser virado. A rainha já se foi. Os cavalos e cavaleiros a levaram para o OSTRACISMO perpétuo. O rei chegou e tem que impor a sua majestade. A MAMATA  acabou. Se querem mamar, procurem uma porca gorda e leiteira. Qual o problema ? Só nós aqui, é quem não jogamos as nossas PÉROLAS  aos porcos. E as pérolas da ERA JUNIOR GUIMARÃES, são representadas pelo POVO. Foram 5,516. Foi o MUNDO TODO. E se alguns não querem se conformarem. Porém tem que aceitaram... Pois serão 4 e mais 4 anos de muito progresso que virá para SANTANA DO MATOS.  - Escrito por APRIGIO . - Natal 07 de janeiro de 2017- até o próximo.

sexta-feira, dezembro 30, 2016

" SANTANA VOLTA A SER DO POVO... "

Nós vamos iniciar a nossa crômica de ANO NOVO, recitando alguns trechos de poema de saudoso GONZAGUINHA. E por que ? Ora amigos, o que estamos presenciando em SANTANA DO MATOS... Cabe exatamente na letra do poema "E". - . Senão vejamos, o que o poeta fala:  "A GENTE NÃO TEM CARA DE PANACA. A GENTE NÃO TEM JEITO DE BABACA,  Apesar de não entendermos, o que realmente se passa, ou o que se quer, passar para a população, vamos aceitar calados. Porquê na verdade, é o ATO final da COMÉDIA, no TEATRO DAS ILUSÕES. No primeiro dia de 2017, as CORTINAS surradas se fecharão para SEMPRE. E diante de todos nós, se abrirão HORIZONTES. -  O povo de SANTANA DO MATOS, vestirá as cores celestes... Os fogos de artifícios, farão os CÉUS brilharem mais, E nós veremos os rostos iluminados, de uma multidão, que estará saudando o ANO NOVO,  que trará com ele, o PREFEITO. O JOVEM, que fará com que, o nosso município venha ressurgir das CINZAS,  como a FÊNIX....  " A GENTE QUER VALER NOSSO SUOR. A GENTE QUER CALOR NO CORAÇÃO.", Finalmente o vento GELADO do descaso vai passar. - " A GENTE QUER VIVER A LIBERDADE. A GENTE QUER VIVER FELICIDADE. A GENTE QUER TER MUITA SAÚDE.". E se DEUS quiser, AMANHÃ SERÁ OUTRO DIA.  Com certeza, veremos num futuro próximo, tudo que temos direito. Veremos os nossos recursos, serem realmente aplicados com lisura.  - "A GENTE QUER VIVER PLENOS DIREITOS. A GENTE QUER TER  TODO RESPEITO. A GENTE QUER VIVER UMA NAÇÃO. A GENTE QUER É SER UM CIDADÃO.".  -  Com certeza, não veremos mais, um GOVERNO do faz de contas. O ano de 2016, ficará registrado nos anais da HISTÓRIA do nosso município, como o ano da REDENÇÃO. Derrubamos os velhos e arcaicos LÍDERES. Extirpamos o CÂNCER da política santanense, que era a compra e venda de votos. Varremos o engôdo, a corrupção. E como na lavagem, que os BAHIANOS fazem, na calçada da IGREJA DO BONFIM, nós lavamos a nossa alma. Nós alimentamos o nosso EGO. Nós votamos livres. Nós agora sim, escolhemos um GESTOR, e acreditamos nele: JÚNIOR GUIMARÃES é o seu nome. E graças à DEUS, tudo agora, está em seu lugar. O SONHO tornou-se realidade. E quantas vezes cantamos a ESPERANÇA, dizendo: " APESAR DE VOCÊ, AMANHÃ SERÁ OUTRO DIA."  - E esse dia chegou. FELIZMENTE,  Desejamos a todos, um feliz ano novo, com muita paz, e um futuro cheio de progresso. Com certeza. -  Escrito por APRÍGIO - Natal 31 de dezembro de 2016 - ATÉ O PRÓXIMO.

segunda-feira, dezembro 26, 2016

" A LUZ E O LIXO ."

Ao afirmarmos que no BRASIL, uma grande parte da população, tira o seu alimento do LIXO, o mundo vai ficar estarrecido, Então vamos contar, a história do menino ZEZINHO. Uma criança muito magra, que catava comida dos lixões. E naquela noite, onde sequer ele sabia, que era a noite de NATAL,  ZEZINHO com muita fome, foi procurar comida , num lixão,  E depois de caminhar horas, muito cansado, deitou-se sobre os montes de lixo, e adormeceu. Repentinamente, ZEZINHO acordou, com o barulho dos fogos, com o repicar dos sinos. ERA O NATAL !  E ao abrir os olhos, viu diante de si, um senhor SORRIDENTE, de cabelos e barbas brancas. E ZEZINHO pensou: " é mais um que veio catar comida no LIXO."  E aquele senhor, vestido de trapos, tinha no olhar, um brilho encantador. Ele ajudou o menino a levantar-se de cima do lixo. Beijou demoradamente a sua mão. O menino por momentos, esqueceu a fome. E de mãos dadas, com aquele senhor, saiu andando. E de repente o cenário mudou. Eles caminhavam por ruas de ouro... E como numa mágica, os dois agora, vestiam roupas brancas,  tão ALVAS COMO A NEVE. E o menino encantado com tudo, via os rios de prata, ouvia musicas angelicais. HAVIA BRILHO EM TUDO. E de repente, ZEZINHO viu surgir em sua frente, uma imensa mesa, com muita comida,  E o senhor de cabelos brancos, disse-lhe:"TUDO ISTO É SEU, meu filho".  - Agora vamos deixar ZEZINHO, se deliciar com o fausto banquete, e vamos até a FAVELA onde ele mora. Sua mãe acordou, e aflita, olhou os filhos, que dormiam sobre velhos papelões e sentiu a falta de ZEZINHO. Preocupada, desceu o morro e foi â procura do filho querido. Depois de muito andar, ela viu um aglomerado de pessoas, próximo a um LIXÃO. Vagarosamente aproximou-se, e viu o seu filho, que parecia dormir sobre o lixo. Ela atirou-se sobre o menino, tomou-o em seus braços, beijando a sua face dizia: "Meu filho, vamos para nossa casa, eu te amo meu anjo." -  A pobre mulher, saiu carregando o filho em seus braças, e cantando uma canção de ninar. E as pessoas que ali estavam, choravam com aquela cena. E lá ia ZEZINHO subindo o morro, carregado pelos braços da MÃE. A pobre mulher, adentrou no barraco, puxou um papelão, trouxe um velho lençol, e deitou o filho...   E ela continuava cantando: " dorme filhinho do meu coração." - O rosto de ZEZINHO, estava sereno. Em seus lábios havia um sorriso de felicidade. E a mãe não percebeu, que ZEZINHO estava morto. Morrera de fome, como muitos brasileiros. Morrera esquecido como outras crianças inocentes. - ZEZINHO TIVERA NA VERDADE, SEU PRIMEIRO E SEU ÚLTIMO NATAL.  ZEZINHO  era a LUZ QUE EMANARA DO LIXO.... -   Agora todos já sabem, qual é o lugar lindo, onde ZEZINHO está. Agora todos já sabem, que aquele Homem é JESUS,  -   E no morro, o corpo de ZEZINHO descia num caixão simples, sem flores. Ele seria sepultado numa cova rasa. Sua MÃE amparada pelos outros filhos, chorava ao se despedir do seu filho querido. ZEZINHO agora era um ANJO...
INFELIZMENTE, esta é ainda, uma realidade deste MUNDO IMUNDO. É uma realidade deste RICO e MISERÁVEL país, chamado BRASIL, Que ver os seus filhos morrerem de fome... Um país de políticos corruptos e  ladrões, que pouco ligam para o POVO. - ZEZINHO e mais outros ZEZINHOS da vida, ainda terão o mesmo destino... Com uma diferença, todos eles se encontrarão com o GRANDE DEUS nos CÉUS...  Agora eles, os PODEROSOS não sabermos para onde irão. MAS SABEMOS QUE, O DESTINO DELES É BEM TRISTE.   -  Escrito por APRIGIO - Natal 26 de dezembro de 2016 - Até o próximo,

domingo, dezembro 18, 2016

S. MATOS: " UM FINAL APOTEÓTICO "


Todos sabem, que a LUZ  faz as TREVAS desaparecerem. Infelizmente, não são essas LUZINHAS, que iluminarão, os OBSCUROS CORAÇÕES. No entanto, muitos acham, que luzinhas natalinas, são mais do que eficientes, para desviarem o FOCO de tristezas e amarguras, que o POVO  viveu, por 4 longos  anos. O piscar constante das LUZES NATALINAS, representa as lágrimas, daqueles que ainda choram, esquecidos e abandonados. Ah! se as ESTRELAS  dos céus, pudessem falar. Elas são também, LUZINHAS piscantes. Mas elas estão lá, todas as noites, muitas vezes encobertas por nuvens. E quando essa nuvens trazem apenas uma fina neblina...  São as lágrimas das estrelas, que se misturam com as LÁGRIMAS do povo sofredor. Que capacidade tão minúscula, os OPRESSORES têm... ? Que iluminação tão pálida, vem dos corações satânicos ?. Iluminar uma rua, é fácil demais. Queremos ver, esses MALDOSOS, clarearem, essa TERRA com boas AÇÕES. Queremos ver eles construírem um SOL, para clarear o UNIVERSO inteiro. Meu DEUS, quantos ainda estão na escuridão?. Quantas crianças ainda vão CHORAR, por falta de PÃO ? Quantos ainda vão prantearem os seus entes queridos, que morreram por falta de um medicamento.  ILUMINAR UMA CIDADE é banal e corriqueiro. Pois muitos, deixaram a LUZ das suas consciências apagadas. Quando sabemos que as ALMAS deles, vivem nas trevas eternas. Mas agora, querem transformarem uma realidade abrupta, num conto de fadas. Por favor. apaguem as luzinhas das avenidas. Acendam sobre vocês, homens e mulheres desalmados, os HOLOFOTES. Saiam da escuridão. Peçam perdão à DEUS e peçam desculpas ao povo. É o mínimo que mutos podem fazerem. Ao invés de um final apoteótico. Querendo iluminar o que não pode ser iluminado, apenas com LUZINHAS.   A LUZ tem que ser mais intensa. É... infelizmente, nem todos, têm o dom de iluminar. Nem todos têm consciência. Mas todos ao que parece, viverão nas TREVAS  para sempre. QUE PENA. - Escrito por APRIGIO - Natal 19 de dezembro de 2016 - Até o próximo.

quarta-feira, dezembro 07, 2016

" A SERPENTE VAI VOLTAR (?) "



Na verdade, alguns dos nossos textos, são verdadeiras LENDAS. Porém são histórias que podem mostrar uma REALIDADE bem atual. Essa crônica " A SERPENTE VAI VOLTAR(?)", é uma indagação, que gostaríamos que a resposta fosse NÃO. Mas vamos conhecer os personagens, e o local, onde viveram ou ainda vivem,,,, esses monstrengos (é uma incógnita). -  Já falamos muito, nos nossos textos, da cidade imaginária de "SOLIDÕES".  Apesar de ser um recanto belíssimo, mas já aconteceram fatos dantescos e horripilantes. Em "SOLIDÕES", residem muita gente do bem. E em contra partida, lá também, é o "habitat", de verdadeiros MONSTROS. - E foi justamente em "SOLIDÕES", que viveu  uma das criaturas mais maquiavélicas, da HISTÓRIA DA CIDADE..- Seu nome era COBRALÚ. Era uma criatura tão feia. quanto o seu próprio nome. Ela tinha um coração diabólico, Tratava as pessoas como se as mesmas fossem LIXO, Se sentia dona do poder. Era apoiada pelos poderosos da época. Tinha ódio de pobre. E aí vem a pergunta que não quer calar: "ELE ERA UMA MULHER MUITO RICA ?" - Pelo contrário, era uma LASCADA do cu pro rabo. Vivia de propinas, e segundo as más línguas, ainda fazia um CAIXA 2.(risos) -E como era PUXA SACO  de primeira linha, os poderosos da época, diziam AMÉM, a tudo de ruim que COBRALÚ fazia. Mas um dia, a MEGERA bateu das botas. E o povo dizia: O DIABO A LEVOU. - E muitos comemoraram a morte da SERPENTE. No seu velório e sepultamento, quase não foi ninguém. A SERPENTE, deve está vivendo no INFERNO. Ela fez muitas pessoas chorarem. Ela gritou os pobres e humildes de "SOLIDÕES". Ela não tinha pena de ninguém. Negou ajuda, para a compra de remédios para os  doentes de "SOLIDÕES". Negou um pão para as crianças famintas.. Mas acreditamos que hoje no inferno, ela está acompanhada, com quem lhe deu apoio. -  Mas agora, começa a parte de TERROR.  REZA À LENDA, que o túmulo da SERPENTE, de ano em ano, aparece cheio de rachaduras. E por essas rachaduras, dizem que sai um tremendo fedor de ENXOFRE.  Dizem também, que é ELA se debatendo para sair do túmulo. Já pensou se ela escapr, . Sair do túmulo...
- E já é praxe, o POVO de SOLIDÕES, colocar uma argamassa de CIMENTO FORTE nas rachaduras.... - Dizem que muitos tem medo da SERPENTE escapar do túmulo. Já imaginiu se essa MEGERA DIABÓLICA, voltar ? Todo inferno virá junto com ELA. -  E conta-se ainda, que a velha "SOLIDÕES", hoje é um REINADO,  -   A rainha má, suicidou-se. E em seu lugar, veio o REI LELECO.  Rechonchudo, cara redonda, e é muito estressado. Dizem que a cada hora, ele GRITA : " QUE REI SOU EU ?". - E os BABÕES DA CORTE respondem"; ÉS O MAIOR ENTRE OS MAIORES. - O REI LELECO, como todo monarca idiota, é chegado à clarividência. E ele mandou jogar os BUZIS, e veio uma PREVISÃO SINISTRA. O FEITICEIRO CONSULTADO, anunciou a SENTENÇA  TRÁGICA: "num futuro bem próximo, nada impede, que a SERPENTE saia do seu túmulo ". E segundo os BÚZIOS, ela sera bem recepcionada, pelo REI LELECO. Ela será bem acolhida... - E o REI continuará dando o seu grito: "QUE REI SOU EU ?". E a nós súditos sofridos, só nos resta indagar: "SERA QUE A SERPENTE VAI VOLTAR ?" - È esperar para ver. -  TUDO DEPENDE DO QUE REI SOU ? - Escrito por APRIGIO -  Natal 08 de dezembro de 2016 - ATÉ O PRÓXIMO

terça-feira, novembro 29, 2016

O CASO CARLINHOS " O REFLEXO DAS ESTRELAS, PEDE JUSTIÇA."

Quando é que essa ABERRAÇÃO SOCIAL, vai acabar?.  Ninguém sabe. Mas todos nós sabemos, que outros irmãos, tombarão mortos, violentados, estraçalhados pela fúria desenfreada de VIS ASSASSINOS,,,  - E o chão, beberá vertiginosamente, todo sangue inocente, deixando apenas, a triste marca vermelha...   Somos todos CULPADOS. Somos todos omissos. Infelizmente, uma cidade de corações frios, que banalizou as tragédias. Pessoas que se acostumaram, a juntarem os pedaços de CARNE HUMANA, como se colhessem flores nos jardins, São pessoas, que já não se emocionam, que já não sentem náuseas...  O CHEIRO DE SANGUE, parece ser necessário. São como VAMPIROS, pertencentes a uma sociedade hipócrita. Habitantes de um MUNDO FAZ DE CONTA. Não vamos repetir a pergunta: QUANTOS MAIS, AINDA VÃO SEREM ASSASSINADOS EM SANTANA DO MATOS.?  Dezenas, centenas, sabemos lá. Todos nós, vivemos numa comunidade, onde os DEUSES maiores, não são SANTOS. São VERMES, São cruéis. São canalhas, SÃO ASSASSINOS, sustentados pela IMPUNIDADE  grassante, ELES matam a sua SEDE, bebendo o SANGUE dos INOCENTES que matam.  INOCENTES, que continuam clamando por JUSTIÇA.  -   E COMO AQUELE POEMA QUE DIZ: " E A LUA FURANDO O NOSSO ZINCO, SALPICAVA DE ESTRELAS, O NOSSO CHÃO.",   -  Se fecharmos os nossos olhos por instantes, veremos no CHÃO da TERRINHA, muitas luzes refletidas nas poças de água. É como um CHÃO DE ESTRELAS...
Ontem foi MARIA ASSUNÇÃO,  Ontem foi JOSÉ DE ASSIS PRETO.  Hoje foi CARLINHOS (hj, um  vivo morto) .....  -   Amanhã poderá ser EU, poderá ser VOCÊ...  Nem mesmo o choro, o lamento triste de mães, irmãos, filhos, amigos, terão força suficiente, para barrar, para extirpar esse CÂNCER, que MATA impunemente, as CÉLULAS humanas, de uma cidade chamada SANTANA DO MATOS - Escrito por APRIGIO- Natal 29 de novembro de 2016   -   Até o próximo