terça-feira, novembro 28, 2017

" QUANDO O SOL SE ESCONDE."












 Quando as sombras da noite começam a chegarem, ouve-se um sino ao longe e o canto da AVE MARIA...  Em muitos lares,  homens, mulheres e crianças, de rostos tristonhos, olhares lacrimejantes, e uma dor de FOME. E há naquele momento, um total e profundo silêncio. Olham a mesa vazia. No fogão de lenha, um velho vasilhame, simplesmente, ferve apenas água. E como de costume, a mulher coloca algumas pedras na água fervente, uma colher de sal e algumas colheres de farinha seca,,, E serve para cada membro da família, o que ela chama, de um PIRÃO DE PEDRAS. -  E naquele momento o SOL se escondeu totalmente. Uma escuridão total, se abate naquele bairro da periferia. Ali, vivem os ESQUECIDOS. E como o SOL, que na verdade nunca se esconde. Na verdade, o SOL é escondido pela TERRA. A Terra num movimento de rotação, faz o sol iluminar a outra metade do planeta. O nosso belo e fascinante planeta, também gira  em torno dele mesmo, no chamado MOVIMENTO DE TRANSLAÇÃO.  - E CA EMBAIXO, HÁ TAMBÉM, MUITOS PODEROSOS SAFADOS, QUE GIRAM EM TORNO DELES MESMOS. E quando o SOL é escondido, ele também encobre a MISÉRIA HUMANA, ENCOBRE OS SEGREGADOS "FILHOS DE EVA" .-  Os olhos dos corruptos, dos egoístas, dos mentirosos, enfim de toda essa CORJA DE SAFADOS, se durante o dia< na luz do sol, eles ignoram os MISERÁVEIS, que dividem os LIXÕES com os URUBUS, A PROCURA DE COMIDA..... - Só gostaríamos de perguntar a cada um desses déspotas, O QUE ELES ESPERAM DO FUTURO.?  Eles jamais responderão essa simples indagação. Tudo bem, mais adiante nós responderemos por eles...  -  E naquela TERRA tão SECA, onde é difícil até mesmo a água, os pés calejados dos pobrezinhos, pisam sobre as rachaduras da terra SECA,.   AS MÃOS COMO AMARRADAS ÀS CORRENTES, minam sangue, provocado pela labuta  escrava.   E outra vez, o sol desponta.   -  A TERRA completa a sua rotação. Os  primeiros raios de sol, iluminam as CRIANÇAS se alimentando nos LIXÕES. Do outro lado, uma procissão de homens e mulheres, quais FARRAPOS HUMANOS, levam nas costas, os restos da comida podre dos mesmos LIXÕES de cada dia. - E o sol também mostra, os poderosos que levantam para o seu café da manhã. Eles se olham no espelho, sorriem para eles mesmo. Na casa deles não há miséria, nem fome. No entanto são casas habitadas por MISERÁVEIS. Miseráveis de uma outa espécie. Ou seja da pior espécie. E para onde eles vão.? Nós respondemos como prometemos., eles vão para o INFERNO. E um dia veremos uma PROCISSÃO DE DESGRAÇADOS, que trocarão o SORRISO DEBOCHADO, pelos gemidos de dores, Eles terão no futuro, o UMBRAL, um lugar de fogo, lama, e enxofre, como MORADA ETERNA .  - Escrito por APRIGIO - Natal 29 de novembro de 2017 - Até o próximo.

domingo, novembro 12, 2017

" JOGA PEDRA NESSE POVO...."



ONDE IREMOS PARAR, NÃO SABEMOS. O BRASIL VIVE HOJE, OS ÚLTIMOS DIAS DE POMPÉIA,,,   O povo na sua maioria, está distanciado de DEUS. A ARCA de NOÉ está preste a fechar as suas portas, deixando de fora muita gente. Na política somos obrigados a votar, com corruptos e ladrões...   A falta de VERGONHA, impera descaradamente, como se HONESTIDADE  e HONRA, fossem atitudes espúrias, E o povo ? Ah! esse, é apenas MASSA DE MANOBRA....  É na verdade, o TRAMPOLIM.... É a Ponte envergada, onde em épocas de eleições, serve para dar passagem aos INDECENTES, aos AMALDIÇOADOS, aos DESAVERGONHADOS, aos LADRÕES e aos CORRUPTOS...   O POVO se sente bem, sendo cuspido e escarrado, o POVO AINDA SE DEIXA ENGANAR, PELOS DISCURSOS MENTIROSOS, de uma corja DE BANDIDOS SAFADOS, QUE CHEGAM ao PODER.... E após se servirem do voto do povo, eles começam a gritarem: " joga pedra nesse povo, joga BOSTA nesse povo....  Ele é feito prá apanhar, ele é bom de se cuspir. maldito povim." .   E os esperançosos, ainda esperam pelas promessas, como se ESPERA POR UM MILAGRE. Aquela cidade eleitoreira, onde os PODEROSOS ENGANADORES adentram as casinha de taipas. é transformada num REINADO DO FAZ DE CONTAS. O povo sem emprego e sem trabalho.... famílias sem o pão em sua mesa, crianças sem escolas. Porém, passados alguns anos, e vem mais uma vez a ENGANAÇÃO chamada ELEIÇÃO. E teremos ,como uma ALA DO SANATÓRIO GERAL, eles, OS DOENTES, diante do povo: o prefeito de joelhos, o bispo de olhos vermelhos e o banqueiro com UM MILHÃO. e eles cantam suavemente:" vem meu povo, vem prá nós, vem logo, vem votar, BENDITO POVO.", E MAIS UMA VEZ, o povo otário SE DEIXA ENGANAR. E nem bem o dia amanhece, tudo está em seu lugar.... E já começa a cantoria: "JOGA PEDRA NESSE POVO, JOGA BOSTA NESSE POVO, MALDITO POVIM".  Essa crônica teve com inspiração, um dos poemas de CHICO BUARQUE.   =  Escrito por APRIGIO =  Natal  12 de novembro de 2017 =  Até o próximo,

quarta-feira, novembro 01, 2017

" A LUA COMO ALIMENTO>".



O dia morria e a noite surgia, trazendo nos céus, uma linda LUA CHEIA,...  No interior de uma casinha humilde, um MENINO cambaleando de fome, mal podendo falar, balbuciou para à mãe: " Mamãe estou com fome". -  A pobre mãe, sem trabalho, sem ajuda do PODER PÚBLICO, portanto sem comida, virou o rosto, para que o filho não pudesse ver as lágrimas, que banhavam o seu rosto. E tentando sorrir um sorriso pálido, aquela mãe segurou o filho pela mão,  Foi até o terreiro e olhando para o céu estrelado, disse assim para o filho: "Vamos rezar e pedir à DEUS que nos mande o alimento.". Aquela mulher ´só tinha mesmo para oferecer ao filho, a FORÇA DA SUA FÉ, Ela sentou-se no chão, deitou a cabeça do seu filho no colo, e começou a cantar uma canção de ninar. E tinha apenas, as estrelas brilhantes, como espectadoras  E parecia, que a cada piscada dessas estrelas, era como se elas aplaudissem, o canto rouca daquela mãe. Sua voz era levada pela brisa suave. E o menino extasiado com tanto brilho nos céus, passeava o seu olhar, sobre aquelas estrelas. Por alguns minutos, ele esquecera a FOME....  Aquela FOME que dói, que maltrata e até mata. Aquela FOME, que não está na casa dos ricos, nem na mesa dos poderosos,  nem nos gabinetes dos políticos.  Quantas famílias vivem, essa situação de penúria, de miséria e de esquecimento.? Quantos "NÃOS", eles ainda terão que ouvirem ?. Quanta miséria< ainda teremos de presenciar ? São indagações que ninguém responde. Mas não respondem, porque não queiram. São na verdade, os VERDADEIROS MISERÁVEIS.... São na verdade o LIXO HUMANO que fede de tão PODRE. São os inconscientes... São os que se sentem e se intitulam deuses. E voltando ao menino faminto e sua mãe, eis que eles são surpreendidos por claro claro, que aos poucos vai apagando o brilho das estrelas. Uma LUA enorme, surge nos céus como mágica. O MENINO FAMINTO levantou a cabeça do colo da mãe, e começou a sorrir. Deteve o seu olhar na LUA, e disse para a mãe: "MAMÃE, vá buscar um pedaço daquela LUA, para que eu possa matar a minha fome."....  Santa inocência daquele garoto. E nós que sabemos, que na casa  dos poderosos, existem mesas fartas..... Enquanto em muitas localidades, existem tantos irmãos que passam fome. E aquela mãe, no seu silêncio chorava à dor da FOME do seu filho..  E o menino recostou novamente a cabeça no colo da mãe. Os olhos bem abertos olhava aquela linda lua e sorria. E de olhos fixos na LUA, ele agora parecia feliz   -  . E havia um silêncio  cúmplice....  Aquela mãe afagava os cabelos daquele ANJO, sem saber momentaneamente, que ele agora era na verdade, um ANJO.  Aquele menino, o seu filho, estava MORTO em seus braços. Morrera de fome... E não vamos nem perguntar, como ficou a consciência dos poderosos, dos abastados, dos políticos, dos safados... Eles não têm consciências. O nosso MENINO FAMINTO morreu sorrindo, iluminado pelos raios do luar. Hoje com certeza, é mais um ANJO nos céus. Diferente de muitos, que um dia também morrerão, e terão como morada eterna, o UMBRAL, um lugar dr fogo, gelo, fumaça e lama -   Escrito por APRÍGIO - Natal 01 de novembro de 2017 - Até o próximo

domingo, outubro 15, 2017

" NO INICIO DO CAMINHO, HÁ UMA PORTA QUE NÃO ABRE."


 


E após meses enclausurado em seu rico palacete, o REI  DÂMOCLES, saiu as ruas, disfarçado de MENDIGO....  Ele gostava de ouvir os reclames dos seus súditos. E cada ano, ele atendia um dos pedidos vindos do POVO. Mas, desapontado, o REI, não ouviu nenhum pedido. Havia um silêncio tedioso. O POVO ESTAVA CANSADO.  E ele logo pensou, apesar do desapontamento, "O POVO JÁ NÃO RECLAMA".  E o imperador, resolveu estender o seu passeio. Mas resolveu ignorar, tudo que pudesse ver,,,, E logo, deu de cara, com uma senhora maltrapilha, sentada na rua, e ao seu lado, seu filhinho que dormia. O REI IGNOROU. Logo mais a frente, esbarrou com um pobre homem, que saindo de um LIXÃO, levava a comida para alimentar a família.  O REI IGNOROU. E ele foi andando, e viu uma poça de lama, de onde o povo do seu reino, tirava água para matar a sua sede. O REI IGNOROU.  - Se preocupar para que, se como REI , ELE tinha tudo ?., E PENSAVA: "Tenho minha mansão. Tenho mesa farta. Só uso água mineral, Ah! o resto que se exploda..." Porém o REI PREPOTENTE.   E não viu, que os portões do seu reinado, estavam fechados. Nada nem ninguém, entrava ou saia. E o rei foi para casa satisfeito.  Entrou no seu palacete, deitou e dormiu.  -  Mas lá ao longe, em cima de uma serra, se via um princípio de incêndio.....  E o fogo foi aumentando. A noite chegou, E quando REI acordou, e viu que altas labaredas do fogo cruel, já haviam dizimado metade do reinado. E agora, o FOGO se aproximava do seu palacete.. O REI gritava COMO UM  LOUCO. Saiu correndo pelas ruas.  Suas roupas queimavam, e o REI gritava por socorro, SOCORRO. E ninguém aparecia para socorre-lo.. Todos havia morrido,,,,  E o REI correu para entrada do REINADO. E qual não foi a surpresa, constatar, que os  PORTÕES  do reinado estavam fechados. E o rei continuava gritando desesperado. E repentinamente, uma enorme TOCHA DE FOGO se abateu sobre o prepotente REI. E ele caiu morto....
Amigos essa história, pode ser a história de qualquer cidade,,, Estamos vivendo tempo de indiferença, ninguém lembra mais de DEUS, e muitos tem um REI NA BARRIGA. Cuidado, pois REI pode está se ardendo em chamas. Cuidado, pode não sobrar ninguém, para salvar esses REIZINHOS.... - Natal 15 de outubro de 2017 - Escrito por APRÍGIO  -=  Até o próximo

sexta-feira, setembro 29, 2017

" NOS SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS, AS PEDRAS ROLARÃO."

Quando o nosso país, e nossa TERRINHA sofrem crises, principalmente, crises éticas E  é justamente da TERRINHA que surge um interesse por algo, que na nossa ótica, nada vai resolver a problemática social, de fome, de abandono, de descaso, de falsas promessas. daqueles QUE venderiam suas ALMAS AO DIABO, PARA CHEGAREM ao  poder.   SANTANA DO MATOS hoje, virou TERRITÓRIO SAGRADO, e querem criar o "SANTUÁRIO DE SÃO RUPESTRE".  Querem atrair ROMEIROS, para o interior das CAVERNAS, nos chamados SÍTIOS ARQUELÓGICOS, para que os fiéis se rendam, aos escritos rupestres dos antepassados que ali viveram, no período PRÉ HISTÓRICO. Salientamos que nada temos contra os chamados SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS. Nada temos contra os arqueólogos, os estudiosos, os cientistas. Mas somos contra os IMBECIS, OS MENTIROSOS, OS DESINFORMADOS  e aqueles que nunca souberam fazer, uma interpretação correta de textos. Nós fizemos uma crítica sim, ao PODER PÚBLICO, que a cada dia, esquece os frementes e angustiantes problemas sociais, e os seus representantes posam sorridentes, como se tudo estivesse bem. Não criticamos  a ação dos estudiosos, e não negamos a importância de decifrarmos, o que os nossos ante passados disserem em épocas remotas. E não seria surpresa, que na maioria dos escritos rupestres, haja uma MALDIÇÃO contra essa corja de políticos, corruptos e ladrões que infestam o nosso BRASIL. E já que os homens do poder, pouco ligam para os povo carente, as PEDRAS hão de clamar por JUSTIÇA. Somos favoráveis sim, que haja exploração do sítios arqueológico. Já que hoje, a maioria dos homens não HONRAM AS HISTÓRIAS DAS SUAS PRÓPRIAS VIDAS, que os HOMENS PRIMITIVOS possam serem exemplo de virtude e honradez, e envergonhem esse AMALDIÇOADO HOMEM MODERNO. - Quando veiculamos esse ASSUNTO á nossa maneira, recebemos muito apoio, principalmente do povo simples. Mas por outro lado, uma MINORIA composta por déspotas, por safados, vieram condenar as nossas opiniões. E PASMEM, recebemos até ameaças à NOSSA INTEGRIDADE FÍSICA. Não nos amedrontamos e sabemos muito bem, de onde partiram as AMEAÇAS. E que elas se cumpram logo. Que o MENTECAPTA que usou as REDES SOCIAIS, se manifeste em tempo ágil. Sabemos que o objetivo de alguns descontentes, é calar a nossa voz. E nós sempre dizemos e é bom relembrar, se um dia o nosso corpo, cair sem vida, pelas mãos dos COVARDES, que o sengue de quem lutou pelo POVO HUMILDE, manche essa terra. Pois, mesmo que a nossa voz seja calada para sempre. As PEDRAS NÃO CLAMARÃO, mas um dia elas rolarão das SERRAS e se abaterão sobre as cabeças dos ímpios, dos mentirosos e dos LADRÕES, que vivem nesse mar de LAMAS, de uma NAÇÃO tão bonita, porem envergonhada.----   _  Escrito por APRIGIO  - Natal  30 de setembro de 2017 - até o próximo
FOMOS AMEAÇADOS

ASSUNTO SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS DE SANTANA DO MATOS DEU POLÊMICA E APRIGIO JÁ RECEBEU ATÉ AMEAÇAS.

SEM ÓDIO E SEM MEDO, VAMOS POSTAR LOGO MAIS UM TEXTO BOMBÁSTICO FALANDO ASSUNTO.

PEDIMOS A ATENÇÃO DO MUNDO QUE VISUALIZA O BLOG DO APRIGIO, PARA QUE VOCÊS POSSAM SABER O QUE FAZEM COM JORNALISTAS, COM BLOGUEIROS E COM FORMADORES DE OPINIÃO.

segunda-feira, setembro 11, 2017

" OS DETALHES de muitos TRAUMAS "





NÃO É FÁCIL FAZER UMA ADAPTAÇÃO DE UM POEMA DE ROBERTO CARLOS. E TRAZE-LO PARA O SOCIAL E PARA A  POLÍTICA....  Mas MEU pai um dia me falou, para que eu nunca mentisse. E eu preciso contar DETALHES  de vidas, e os TRAUMAS dessas muitas vidas. DETALHES de um sonho divinal, onde um português, com o seu rebanho de gado morrendo de sede, ajoelhou-se  e numa prece fervorosa assim rezou: "NOSSA SENHORA ME DÊ À MÃO..." - E o milagre aconteceu. E hoje  espero, que outros milagres aconteçam. O santanense tem que sonhar de olhos abertos. Sonhar que um dia, os seus pés cansados pisem na areia branca do progresso.   E que sua garganta sedenta, encontre a água, para também, para matar a sua sede. São sonhos muitos intensos, para não esquecer, que a toda hora vão estar presentes. A realidade, as mentiras que foram proferidas, as falsas promessas dos palanques, que eu tive que ouvir. São TRAUMAS que a gente só sente depois de crescer.  -  E agora não podemos mais, falarmos no singular. Nos associamos aos que sofrem esquecidos. Moramos na mesma cidade, no mesmo lugar, onde o DESCASO continua imperando. E se os nossos pais nos pediam para não mentirmos, eles também esqueceram, de dizerem a VERDADE. Os nosso pais votaram nos opressores. E por isto, estão tão calados. E não adianta virem falar agora, dos ANJOS que nós conhecíamos, no delírio da FEBRE que ardia. Pois o poeta diz verdades, que aqueles ANJOS agora já se foram... Mas ainda encontramos anjinhos pelas nossas ruas, sem pão, sem teto e sem escola.  -  E da janela, um horizonte, a liberdade de uma estrada, podemos ver. E o pensamento voa livre em sonhos. Mas depois, vem os pesadelos da mísera vida, que nos levam para morte.... Num lugarejo que falta emprego ou trabalho, falta saúde. No entanto, sobra desigualdade social e muito sofrimento. Sobra ostentação, sobram mentiras e engôdos, FALTA assistência aos pobres e carentes. E no entanto se esbanjam com os nossos recursos, em contratos milionários, que é como diz uma senhora: AQUI TUDO É POR CARA. - E os opressores cantam alegremente pisoteando os enganados: "ESSE CARA SOU EU."  E onde está pão para nos alimentar ? Onde está a escola para os nossos filhos ? O que aconteceu com os nossos votos esperançosos ? É amigos, ainda hoje, vivemos do que fomos no passado. Aqui nada mudou. Esqueceram os jovens que encheram as ruas. Aqueles que fizeram e acreditaram nas suas primeiras escolhas. Somos esses jovens, colocamos nossos pés na areia branca, vestidos na bandeira azul, que virou fumaça. Somos reféns dos TRAUMAS. SOMOS ESTREMECIDOS PELOS PESADELOS. POIS AQUELES anjos AGORA JÁ SE FORAM. E só nos resta a fé de MANOEL DE MATOS, e cantarmos como o poeta ROBERTO CARLOS: " JESUS CRISTO nós estamos aqui."  -  Escrito por APRIGIO - Natal 12 de setembro de 2017.  -  Até o próximo.

terça-feira, agosto 22, 2017

" A RECEITA DA FOME CRUEL."






ANTES DE MAIS NADA, QUEREMOS DEDICAR ESSE TEXTO, A TODOS OS NOSSOS IRMÃOS, QUE EM PLENO SÉCULO XXI, AINDA PADECEM COM A FOME CRUEL.

Vamos iniciar esse texto, com estrofes do poeta BRÁULIO BESSA.... "Por que falta tanto o de comer, se todo mundo é igual ? E nos dar um calafrio, saber que o PRATO VAZIO, é o prato principal. A FOME não tem saber. E quel o endereço dela ? ELA está lá FAVELA ou nas brenhas do sertão. A FOME  é companheira da MORTE. Mesmo assim não há morte forte, que vença um PEDAÇO DE PÃO." -  Todos nós sabemos, que a FOME ainda é um dos maiores problemas mundiais. Mas a fome não é inventada nem produzida. Mas vive armazenada nas casinhas de taipas, fruto de uma HUMANIDADE DESALMADA E CRUEL, que sente o prazer doentio de ver muitos irmãos  morrerem sem comida. . "A FOME. reina na miséria. Ela tem ceifado muitas VIDAS.  Queremos saber do que a FOME é feita, e descobrimos que a DESIGUALDADE deixa ela satisfeita."  E para vislumbrarmos  os BOLSÕES DE LIXO, lá encontramos os FILHOS DA FOME. São homens, mulheres e meninos, disputando a COMIDA PODRE, com os porcos e com urubus. E para que possamos enxergar essa REALIDADE, não precisamos ir ` á AFRICA não. No nosso BRASIL , na nossa SANTANA DO MATOS, temos muitos irmãos que padecem à fome do dia a dia. "Mas quisemos saber, quais os ingredientes da FOME .  E encontramos na massa humana, o EGOÍSMO DO HOMEM,  a PARTILHA que é mal feita. E AO MEXERMOS UM CALDEIRÃO, vimos a CORRUPÇÃO cozinhando a tal da. FOME."  É verdade, hoje não sabemos mais, em quem votar, Vivemos num país que nos obrigam a colocarmos nos PODERES, ladrões do dinheiro público. CORRUPTOS safados, VERDADEIRA  CORJA DE SUJOS. Esse é o BRASIL  que vivemos hoje. Os pobres morrendo de trabalharem, onde em suas mesas, faltam o alimento. Tudo porquê. o nosso dinheiro, é destinado para pagar os altos salários e bancar as mordomias desse URUBUS.... - "E a FOME continua cozinhando, temperada com VAIDADES, temperada com MALDADES para com o pobre.  Acrescenta-se na RECEITA MALÉFICA, as muitas NOTAS SUPERFATURADAS. KILOS DE DESEMPREGO  e VERBAS DESVIADAS. Coloca-se 20 gramas de INFLAÇÃO, 30 escolas fechadas..." E aí se juntaria todo esse dinheiro que é nosso, para enfim matar a FOME EM TODO CANTO, e ainda sobraria outro tanto, para saúde e educação.
Mas a quem interessa isto ?. Aos SAFADOS DO PODER é que não. Vivemos hoje a maior violência, a mais intensa insegurança  E ninguém está nem aí .
Para concluirmos essa RECEITA escrita por um POETA....  Infelizmente os pais, os filhos,os soldados que tiveram o SANGUE derramado na TERRA, não desfrutarão mais, de uma mesa farta. A RECEITA NÃO PÁRA POR AÍ, vamos lutar para que os dias melhores venham, e com eles os verdadeiros líderes. Os homens de boa vontade. - ESCRITO POR APRIGIO - Natal 22 de agosto de 2017  -  Até o próximo.